A Casa do Capitão-Mor está situada no primeiro núcleo habitacional da cidade, local onde outrora esteve a Fazenda Caiçara, da qual se originou Sobral. Em estilo colonial, foi provavelmente construída em 1772, sendo um dos poucos exemplares da arquitetura, dos materiais e das técnicas construtivas do século XVIII. O imóvel pertenceu ao Capitão-Mor José de Xerez Furna Uchoa, um dos mais antigos moradores da Vila Distinta e Real de Sobral, onde foi vereador e Juiz de Órfãos, sendo também responsável pela introdução do cultivo do café no Ceará.

Após consecutivos ciclos de ocupação, a centenária edificação passou por criteriosos trabalhos de prospecção arqueológica que mediaram seu restauro, permitindo que o imóvel resgatasse suas características iniciais, e possibilitando às atuais gerações vivenciar este elo entre passado e presente, memória e história. Desde então, a Casa vem desenvolvendo atividades voltadas à discussão e valorização do patrimônio cultural sobralense, compreendido tanto em seu caráter material, presente nas edificações e monumentos do Centro Histórico, quanto imaterial, representado pelo saber fazer da população e pelas manifestações culturais.

Projeta-se como Centro de Referência Cultural e Histórica de Sobral disponibilizando à população o acesso ao Mapeamento Cultural do município e os Inventários do Centro Histórico, além da realização de visitas mediadas ao espaço da Casa, ao núcleo da Matriz e ao Centro Histórico tombado; além de oficinas, palestras e seminários na perspectiva da educação para o patrimônio, buscando levar a discussão acerca da história, da memória, da identidade e do patrimônio cultural sobralense, as mais diversas camadas e faixas etárias da sociedade.

Endereço: Rua Randal Pompeu, 145 - Ao lado da Igreja da Sé Centro - Sobral/CE
Tel: (88) 3611.6599 / 3611.1236