A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel), convida todos para a montagem participativa do Museu MADI. Contendo o acervo original e mais 25 obras restauradas, a montagem acontece das 17 às 20 horas.

Amanhã (15/03) a partir das 17h será realizada a abertura oficial, com solenidade de abertura e apresentação cultural da Banda de Música Maestro José Pedro. Vem conferir!

SAIBA MAIS SOBRE O MUSEU MADI

O Museu Madi é formado por um acervo doado por mais de 70 artistas membros do grupo Madi de vários países e continentes compondo assim o primeiro Museu Madi do Brasil, em Sobral. O Movimento Madi criado em 1944 apresentou um declarado compromisso com uma arte “desprovida de intenções representativas, livre de qualquer determinismo ou justificação”. O nome Madi não tem uma origem definida, no que se assemelha ao Dadá, mas pode ser “Materialismo Dialético, Marxismo Dialético, Movimento, Abstração, Dimensão, Invenção ou, simplesmente, letras tiradas do nome Carmelo Arden Quin. Na terceira exposição do grupo Madi, em novembro de 1946, dizia-se: “Madi inventou a moldura irregular e ornada, quebrando para sempre o tabu da moldura pictórica: ele inventou a pintura e a escultura em movimento, articulou o universal e o linear, criou a arte plástica plural e lúdica”.

No Movimento Madi os artistas se utilizaram com total liberdade dos movimentos de vanguarda europeus como o Dadaísmo, o construtivismo russo, o neoplasticismo, entre outros, como ponto de partida para suas invenções. Compreendemos que o conceito do movimento Madi está em sintonia com uma proposta moderna de museu dinâmico, o que nos dá suporte para ações de estudo da estética em Artes Plásticas. O público principal do projeto são alunos da rede pública de ensino, através de visitas guiadas/monitoradas e ações de arte-educação.

#ocupaSobral
#Secjel #PrefeituradeSobral