Raimundo Cela

Sobral, 1890 – Niterói, 1954

”Jovem engraxate”

19 x 27 cm

Desenho sobre papel

Assinado no canto inferior direito

DADOS BIOGRÁFICOS: Desenhista, pintor e gravador. Estudou na Escola Nacional de Belas Arte com Zeferino da Costa, Eliseu Visconti e Batista da Costa. Ganhou Medalha de Prata, em 1916, e no ano seguinte,1917, é laureado com o Prêmio de Viagem ao Exterior do Salão Nacional de Belas Artes. Em Paris, participou do Salão dos Artistas Franceses, 1922, despertando interesse da crítica. Regressando ao Brasil fixou-se no Ceará, em Camocim, onde residiu até 1938, transferindo-se para Fortaleza e depois para o Rio de Janeiro, em 1945. Também foi premiado no Salão Paulista (1943), no Salão Fluminense (1947?) e, novamente, no Salão Nacional de Belas Artes (1947). Individualmente, expôs em 1941 e 1944, em Fortaleza, e, em 1945 e 1947, no Rio de Janeiro. Exerceu de 1951 a 1954, quando faleceu, o ensino de gravura na Escola Nacional de Belas Artes. Estrigas dedicou-lhe o livro Contribuição ao Re-Conhecimento de Raimundo Cela, publicado em 1988.